Blog do Espaço Deonibus


Rápida

 

Viação Cometa recebe novos ônibus

Por - Antonio Ferro 

De acordo com informações postadas aqui neste blog em abril passado sobre a aquisição de novos ônibus, a Viação Cometa S/A começa a receber as suas primeiras unidades equipadas com carroçarias da marca Busscar e chassis Mercedes Benz, modelos O500 RSD. São 20 unidades do modelo Vissta Buss Elegance 360, carroçaria rodoviária desenvolvida dentro dos mais modernos padrões de sofisticação e conforto, apresentando ainda um design inovador. Os novos veículos possuem 14 metros de comprimento, ar condicionado, calefação, isolamento, 46 poltronas leito turismo super pullman, revestidas em tecido, iluminação interna (salão de passageiros e degraus da escada) e externa formada por LED's, sanitário, vidros colados fumê, calefação, itinerário eletrônico, preparação para rádio CD Player, brake light na traseira e sistema elétrico Bussplex, tecnologia desenvolvida pela Busscar. Através de um sistema computadorizado, ele controla o sistema elétrico do ônibus, interligando todos os equipamentos, o que proporciona uma redução sensível do número e peso de chicotes elétricos, permitindo ainda um diagnóstico completo do funcionamento de todo o veículo.

Fotos gentilmente cedidas pela Busscar

 



Escrito por Antonio Ferro às 18h59
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




Em renovação inédita, Viação Itapemirim vem com Volvo

 

Por – Antonio Ferro

 

Maior empresa de ônibus rodoviário do Brasil adquire 100 novos ônibus e pela primeira vez a marca Volvo abre espaço em sua frota.

 

Muitos anos se passaram e a fidelidade com uma marca de ônibus marcou a trajetória da Viação Itapemirim desde sua fundação. Não podemos dizer que ela não adotou outros modelos, mas o nome Mercedes Benz sempre foi a maior figura na frota da empresa capixaba, com monoblocos, chassis e plataformas. Mesmo quando se envolveu na produção própria de ônibus, a marca alemã estava lá como fornecedora de motores. Hoje essa hegemonia é quebrada com a chegada de uma nova marca, a Volvo, trazendo alta tecnologia agregada ao conforto e segurança, itens necessários na eficiência do transporte rodoviário dos dias atuais.

 

Conjunto – combinação entre Busscar e Volvo, uma novidade na frota.

 

Foram investidos R$ 50 milhões em 100 novos ônibus, sendo 60 com chassis Mercedes Benz e outros 40 com o nome Volvo. Do lado da Mercedes, a montadora forneceu os chassis O500 RSD, já conhecido pela Itapemirim. Para o debute na Itapemirim, a Volvo disponibilizará o seu mais moderno produto indicado para média e longa distância, o chassi B12R na versão 6x2. Vem equipado com o bloco de 12 litros e 420 cv, caixa de transmissão automatizada I-Shift e o sistema ESP (Eletronic Stability Program), um avançado programa eletrônico de segurança que reduz os riscos de capotamento em manobras de emergência e em curvas fechadas. “A função principal do ESP é a de detectar situações de perigo para o veículo, atuando rapidamente de forma que se previna um possível acidente e a caixa automatizada I-Shift garante maior conforto para o motorista e segurança para todo o veículo, destacou Per Gabell, Presidente da Volvo Bus Latin America.

 

Os chassis Volvo ainda possui o EBS-5 (Eletronic Brake System), um pacote de segurança que incorpora uma série de dispositivos, como freios a disco de grande durabilidade e desempenho; o sistema ABS, que controla a frenagem, evitando o travamento das rodas; controle de tração nas rodas; regulagem eletrônica da pressão de frenagem; sensores de desgaste de pastilhas; auxílio para arranque em subidas; e acionamento automático do bloqueio do diferencial em baixas velocidades. A Volvo informa que seu moderno produto traz também o VEB (freio motor Volvo Engine Brake), sistema que incorpora uma série de benefícios para o operador, entre elas a economia de combustível; não agrega peso ao ônibus; não tem custo adicional de manutenção; aumenta a vida útil das pastilhas de freio; garante maior disponibilidade do veículo, e é eficiente independentemente da temperatura de trabalho.

 

 

Luiz Caparelli, Gerente de Vendas da Volvo Bus Latin América, atentou para o inicio de uma parceria entre a montadora a maior empresa de ônibus do Brasil, com a possibilidade de novos negócios no futuro. “A Viação Itapemirim tem valores muito semelhantes aos da Volvo, como a segurança, a qualidade e o respeito ao meio ambiente. Essa aquisição indica o início de uma parceria que tem tudo para ser duradoura”, disse ele. Outro item de vanguarda no chassi B12R é o conjunto de computadores que controla uma série de funções do veículo. O BEA 2 ou Arquitetura Eletrônica para Ônibus (sigla em português), possui novo display do computador de bordo, localizado no painel de instrumentos, com mais de 50 funções e posicionado estrategicamente para melhor visualização do motorista.

 

Para a Itapemirim, a aquisição dos novos ônibus é um sinal de confiança no Brasil, apesar da crise financeira mundial. Segundo o setor de vendas da empresa, está sendo prevista uma demanda média de 450 horários por dia em dezembro e em toda a alta temporada, o que representa cerca de 10% acima do mesmo mês do ano passado. A expectativa é que com a oferta dos novos ônibus esse percentual sofra um aumento. Os números do primeiro semestre deste ano confirmam esse aumento, tanto em passageiros, quanto em faturamento. Outra novidade foi o início, em outubro, da contratação de mais motoristas, prevendo agregar mais 450 profissionais até dezembro, justamente para atender a alta temporada.

 

Interior - Acabamento pensado no conforto e na segurança dos passageiros.

 

Quanto aos modelos de carroçarias, foram adquiridos três tipos, de duas consagradas marcas do mercado brasileiro. A gaúcha Marcopolo fornecerá 48 unidades do Paradiso 1200 sobre os chassis Mercedes Benz. Os veículos serão operados nos serviços Climm, Golden e Leito. Já a Busscar estará fornecendo outras 52 carroçarias, sendo 22 unidades do JumBuss 380 exclusivas para o serviço Golden na linha São Paulo – Rio de Janeiro e 30 carroçarias Vissta Buss Elegance 360, o mais recente modelo rodoviário da encarroçadora catarinense, também para o serviço Golden. Segundo a assessoria de imprensa da transportadora, a escolha pelas marcas dos novos ônibus se deu por apresentarem bom desempenho, boa confiabilidade, pela facilidade de reposição de peças e durabilidade de cada equipamento.

 

Com 55 anos de atividades, a Viação Itapemirim conseguiu integrar por terra o sul e o norte do Brasil. Pioneira em métodos operacionais, foi a primeira empresa brasileira de ônibus a usar um veículo com 3 eixos em suas linhas, entre os anos 70 e 80. Além disso, enveredou-se na fabricação própria de ônibus com os modelos Superbus e Tribus. Em 2002, numa atitude inédita, até então, no relacionamento direto com os clientes, implantou um novo modelo guichê no Terminal Rodoviário do Tietê, em São Paulo, semelhante aos balcões de aeroportos, o que, segundo a empresa, humanizou o atendimento. Aos mais de 2.000 motoristas oferece o programa de qualidade de vida, com orientação nutricional; auxilio ao tratamento com postura e ergonomia e desenvolvimento pessoal e profissional, ampliado aos familiares. Na área da saúde, inovou em transformar dois ônibus em salas móveis de foto estimulação, denominadas Relax Studio, projetadas para analisar e proporcionar a revitalização e o estímulo do estado de alerta do motorista, através de uma luz com intensidade específica orientada e gerida por médicos especializados.

 

Novos ônibus - reflexo positivo no crescimento da Itapemirim.

Fotos – Divulgação/Busscar

 

Também concentra suas ações em iniciativas ambientais, como a promoção de uma campanha de combate o tráfico de animais silvestres, na manutenção adequada dos motores de seus ônibus, como forma de diminuir os índices de gases expelidos pelo escapamento e na resolução de adotar o papel reciclado para impressão de suas passagens. Essa medida promove ganho ambiental significativo. De acordo com a empresa, a produção desse tipo de papel não só evita o corte de mais árvores, como que aterros sanitários recebam mais lixo, além de gastar menos água e energia do que o papel comum. Os 1.200 ônibus da Itapemirim rodam 145 milhões de quilômetros ao ano, atingindo 70% do território nacional, transportando 3,5 milhões de passageiros.



Escrito por Antonio Ferro às 15h56
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




Rápida

 

Carris porto-alegrense faz sua maior renovação

 

Por – Antonio Ferro

 

São 64 novos ônibus, o maior índice em uma só renovação da mais antiga operadora do transporte coletivo ainda na ativa em nosso país.

 

A Cia. Carris Porto-Alegrense entregou há poucos dias à população da capital gaúcha mais 64 novos ônibus - 49 veículos comuns, do tipo Padron e 15 articulados, que chegam para substituir 15 ônibus mais antigos.  Nos últimos 4 anos foram 168 ônibus renovados para os 250 mil passageiros que utilizam os serviços da Carris diariamente. Os veículos possuem chassis Volkswagen 17.260 EOT com carroçarias Marcopolo (Viale) e Induscar Caio (Millennium II) e Volvo B12M com o Urbanuss Pluss articulado. Contam ainda com transmissão automática e treze deles estão equipados com elevadores. "A Carris está demonstrando seu alto nível e a preocupação com modernidade, conforto, acessibilidade e, sobretudo, com os usuários do transporte coletivo na cidade. Por trás disso está uma gestão de qualidade. Aprimoramos o padrão que a companhia sempre teve e o elevamos a um grau muito mais qualificado, com resultados à população", disse José Fogaça, prefeito de Porto Alegre.

 

 

Esta última renovação vem a somar às 12 unidades já em operação desde junho passado para as linhas do centro. Os novos veículos vêm para reduzir a idade média da frota e os índices das emissões poluentes, pois todos os veículos contam motores eletrônicos. De acordo com a Carris, os articulados têm 18,2 metros de comprimento e capacidade para 65 passageiros sentados, que entram no lugar de ônibus com capacidade para 60 pessoas sentadas. Os demais têm 13,2 metros (carroceria Marcopolo) e 12,9 metros (carroceria Caio) de comprimento e capacidade para 51 e 46 passageiros sentados, respectivamente. O investimento total é de R$ 25 milhões, financiados pelo Banco do Brasil e Banco Moneo. "Os ônibus serão operados praticamente em todas as linhas da Carris, beneficiando passageiros com a mais alta tecnologia", enfatizou o diretor-presidente da companhia, Antonio Lorenzi.

 

Fotos Ana Carolina Pan/PMPA

 

O que foi renovado

 

- Entre 2005 e 2008, foram renovados 168 ônibus, 82% a mais que no período de 2001 e 2004, quando foram renovados 92 ônibus.

- Com os novos ônibus, a Carris oferece 236 mil lugares por dia à população, 14,5% a mais que o número registrado em dezembro de 2004, quando a oferta era de 206 mil lugares.

- Em 2008, a companhia registrou 4,75% passageiros a mais que os transportados no ano anterior.

 

Qualidade da frota

 

- 141 ônibus com ar-condicionado.

- 244 ônibus com câmbio automático.

- 244 ônibus com motor traseiro.

- 136 ônibus com piso baixo, para acessibilidade.

 

Fonte – Cia. Carris Porto-Alegrense.



Escrito por Antonio Ferro às 08h18
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




Rápida

 

Aliança Scania e Irizar mostra rentabilidade no México

 

Por – Antonio Ferro

 

Uma parceria consolidada, com a melhor tecnologia em chassis e carroçarias rodoviárias, foi exposta na Expo Transporte 2008, mostra de veículos comerciais pesados realizada na cidade mexicana de Guadalajara entre os dias 12 e 14 de novembro passado. “A aliança com a Irizar nos permitiu somar esforços e chegar mais longe. Tanto Scania, como Irizar são empresas consolidadas no mercado internacional, com grande tradição no transporte de passageiros que proporcionam muitos benefícios à passageiros e operadores de transporte”, argumentou Arnaud Dordilly, presidente da Scania México.

 

 

O resultado é uma linha de ônibus rodoviários que se convertem na mais competitiva do México ao responder as necessidades das empresas transportadoras e de seus passageiros. A Scania México informa que oferece veículos que agregam desempenho, qualidade e economia, assim como as carroçarias Irizar que possuem design atrativo, conforto, segurança e rentabilidade para o mercado mexicano. A série K de chassis Scania está equipada com blocos que cumprem a norma de emissões Euro 4, equipados com a tecnologia EGR – recirculação de gases do escape. Também vem com o novo câmbio, de 8 velocidades, GR 875R. O mercado mexicano tornou-se nos últimos anos um grande comprador dos produtos da dobradinha Scania e Irizar.

 

Fotos gentilmente cedidas pela Scania México



Escrito por Antonio Ferro às 16h48
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




PB - A evolução dos rodoviários

 

Por – Antonio Ferro

 

Irizar fecha o ano com uma grande novidade voltada para o segmento de alto luxo em linhas regulares e no turismo VIP.

 

Uma grande surpresa marcou este final de ano no setor de transporte rodoviário de passageiros. A espanhola Irizar, no mercado brasileiro desde 1998, comemorou muito bem os seus 10 anos apresentando a sua consagrada carroçaria rodoviária PB, que desde 2001 faz sucesso pelo continente europeu e mais recentemente no mercado mexicano. Foram três anos e 18 milhões de euros investidos no desenvolvimento do PB, um modelo diferencial, que abusa dos conceitos de aerodinâmica e que tem na beleza um de seus atrativos para conquistar agora o mercado brasileiro e da América Latina.

 

 

A Irizar valoriza a segurança, a inovação, o design, a confiabilidade e a rentabilidade de seus modelos rodoviários, projetando e fabricando carroçarias após uma ampla análise das necessidades de seus clientes e do próprio mercado transportador. O novo PB possui um grande prestígio entre os condutores por sua estabilidade nas operações rodoviárias, aliada a um centro de gravidade muito baixo. Prova disso é que o modelo já recebeu diversos prêmios europeus que o elevaram a categoria TOP entre os outros modelos de carroçarias encontradas naquele continente.

 

 

São mais 5.000 unidades do PB em operação pelo mundo afora.  O Coordenador Geral dos Projetos no Exterior, Jose Manuel Orcasitas, lembra que o mercado brasileiro de ônibus rodoviários é muito específico e há uma enorme concorrência entre as fabricantes, fato que por si só já é um desafio na produção de ônibus. “Com este lançamento consolidamos a estratégia de internacionalização definida duas décadas atrás no grupo Irizar e estaremos preparados para atender as necessidades dos nossos clientes”, disse Orcasitas. A Irizar Brasil informa que para desenvolver o novo produto, adaptando-o ao mercado brasileiro, foram gastos de 6 milhões de euros. O processo de desenvolvimento do PB é inovador e tecnologicamente mais evoluído, por isso os investimentos foram necessários para a fábrica ficar no mesmo nível que as outras unidades dentro do grupo.

 

 

Conforto, ergonomia, segurança e design de vanguarda, aspectos especificamente selecionados para promover um conjunto estético diferente ao que até agora não havia em nosso país. Com isso, a Irizar Brasil procurou oferecer ao transporte rodoviário de passageiros uma opção singular, que agregasse valor nos deslocamentos em linhas regulares ou nos serviços receptivos de luxo, os chamados VIP’s. “Queremos atender, com o PB, um nicho diferenciado agregado a um padrão elevado em termos de tecnologia, conforto, segurança e design, seja no mercado brasileiro ou latino-americano”, lembrou Gomes, diretor geral da Irizar Brasil.

 

 

O novo PB chega ao Brasil para completar a gama de rodoviários produzidos na unidade de Botucatu (SP) e permitirá ainda reforçar o nome Irizar como líder, segundo ela própria informa, no segmento de carroçarias luxo no Brasil e na América Latina. Para ela, o futuro do Brasil, em todos os setores, é visto com muito otimismo, o que promove um compromisso de crescimento e criação de riquezas no país. A planta de Botucatu possui 39.000m2 de área e 20.000 m2 construídos, com um investimento de mais de 300 Milhões de reais e capacidade de produção de até 4 ônibus rodoviários por dia. Para 2009 a encarroçadora prevê montar as suas primeiras 130 unidades do novo PB em sua linha de Botucatu.  

 

Fotos – Divulgação / Irizar Brasil

 

Características do novo PB

 

Chassis 4x2 e 6x2 – Mercedes Benz, Scania, Volkswagen e Volvo.

Comprimento – (três versões) 12, 13 e 14 metros. Opcional com 15 metros para mercado externo.

Altura – 3,70 e 3,90 metros.

 

Alguns equipamentos standard

 

- Acionamento de abertura à distância das portas e fechamento com bloqueio na porta dianteira.

- WC na traseira.

- Break Ligth na traseira.

- Calefação de teto para os passageiros.

- Cortinas laterais plissadas (dobradas).

- Monitor de LCD com 22 polegadas.

- Poltronas de passageiros exclusivas padrão PB super soft.

- Tampas dos bagageiros laterais pantográficas, com abertura pneumática desde o posto do motorista.

- Conjunto de faróis modelo exclusivo Irizar.

- Janela com acionamento elétrico para o motorista.

 

E outros opcionais

 

- Bar completo (geladeira + conservadora de liquidos frio e quente).

- Calefação de piso com convectores no salão dos passageiros.

- Geladeira no salão dos passageiros.

- Dois tipos de poltronas para passageiros: leito ou cama.

- Revestimento em couro nas poltronas.

- WC central.

 

Informações – Irizar Brasil



Escrito por Antonio Ferro às 16h24
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]


[ página principal ] [ ver mensagens anteriores ]


 
Meu perfil
BRASIL, Sudeste, ATIBAIA, CENTRO, Homem
Histórico
Outros sites
  UOL - O melhor conteúdo
  BOL - E-mail grátis
  Webjornal
Votação
  Dê uma nota para meu blog